top of page

PUBLICIDADE

Vidraceiro e serralheiro, quais os riscos da poeira nas atividades do dia a dia?


Imagem: Departamento de arte Jornal do Vidro


Você, vidraceiro e serralheiro, sabe que no segmento do vidro e alumínio, há diversos afazeres em sua vidraçaria e serralheria, certo? E tanto na sua empresa, como também nas obras finais, há o risco de gerar poeira. Mas você sabe quais os riscos à saúde causados pela poeira?



A poeira presente em locais como obras, pode conter diferentes substâncias químicas, que estão presentes na composição dos diversos materiais utilizados nesses lugares. Doenças respiratórias, como pneumoconiose, doenças obstrutivas pulmonares crônicas, inflamações, câncer, doenças autoimunes, tuberculose e doenças de pele são alguns dos riscos para quem trabalha em obras e inala o pó.


Uma das substâncias mais lembradas por profissionais da saúde é a Sílica, que é presente no vidro, mas também em algumas pedras , argila ou areia. Azulejistas, instaladores de pisos e paredes, marceneiros e telhadistas estão entre as funções que podem ser afetadas.


E o que é orientado, como forma de precaução? Usar EPIs ( Equipamentos de Proteção Individual), eliminar e substituir por produtos menos agressivos aos colaboradores, ou então diminuir o tempo de exposição são algumas das dicas nessas situações.



E você, vidraceiro e serralheiro? realiza alguma tarefa em sua vidraçaria e serralheria, ou mesmo na casa de seu cliente, ou talvez em construções aonde se junta muito pó? Lembre-se de tomar as precauções necessárias, ou procure ajuda de profissionais especializados.


Tags:

Commenti


Você também pode gostar de ler sobre:

bottom of page