top of page

PUBLICIDADE

Por que todos os vidraceiros e serralheiros devem morrer?


Imagem: departamento de arte Jornal do Vidro


Quando assim falamos, é por conta dos profissionais da construção civil e de outros segmentos, que cada vez mais tomam o seu espaço. O excesso de invasão do terreno dos vidraceiros começou em 1996 e só aumentou. Hoje você vê cada vez mais empresas que trabalham com esquadrias e vidros, não o inverso.


O serralheiro ganhou seu espaço no mercado do vidro, mas o vidraceiro não fez o mesmo. Agora, o serralheiro deu espaço e estão entrando os profissionais do mármore, móveis, até mesmo os pedreiros.


Se você não inova, não agride o mercado, você pode perder seu espaço.



Atualmente ainda é um percentual pequeno, mas no dia a dia, já percebemos profissionais que não são do ramo do vidro, especificando o vidro. O marmoreiro vai colocar o mármore e, se alguém o orientar, ele também coloca o vidro. O mesmo vale para os pedreiros nas obras mais simples.


Por que eu falo que há falta de agressividade do vidraceiro? O setor moveleiro utiliza cada vez mais espelho e vidros pintados nos móveis. E o que faz o fabricante do móvel? Ele não chama um profissional do vidro, ele vai direto ou na fábrica ou no distribuidor e encomenda o vidro como ele precisa. Mas eu não vejo nenhum vidraceiro ir até o moveleiro perguntar onde ele compra os seus espelhos.


Ao mesmo tempo que muitos vidraceiros crescem, outros perdem espaço no mercado, o que faz com que entrem em disputas de preços, pois falta articulação.

Comments


Você também pode gostar de ler sobre:

bottom of page