top of page

PUBLICIDADE

Normas e qualidade = Mais dinheiro!


Imagem: departamento de arte Jornal do Vidro


Se você seguir as normas técnicas, a chance de você ter um produto instalação com qualidade é muito grande e com certeza vai fazer com que você tenha um retorno financeiro maior. É necessário que o vidraceiro vá atrás de informações técnicas para que ele possa se valorizar. Tem que ter uma desmistificação das normas técnicas para as pessoas poderem utilizar.


Se as normas não forem seguidas, você não consegue dar garantia para o cliente, você sabe que vai te dar dor de cabeça, até mesmos eventuais processos.


Se você considerar apenas o preço, não tem como trabalhar em normas técnicas, você não consegue competir com alguém que não trabalha com o vidro correto, você vende pouco, mas vende bem. Se tem um advogado do vidraceiro, são as normas técnicas.


Se você comparar coisas iguais, você vai conseguir mostrar para o seu cliente que o seu produto tem um valor agregado. É importante a habilidade de ser gestor, ser empresário, ganhar dinheiro, assim como a indicação também é.



Você tem hoje muita fábrica e muito distribuidor no Brasil inteiro, eu conheço muitos distribuidores que mantém o preço, não fazem leilão, mas esses que mantém o preço justo são os que entregam em três dias, por exemplo. A concorrência fica desleal, pois muitos não perguntam nem para o que serve o vidro.


O vidraceiro tem que procurar conhecimento, não só técnico, mas de gestão também.


Os distribuidores tem que entender que se souber trabalhar com o vidraceiro, você vai ter sucesso, pois tem profissionais que querem fazer a diferença. Deveria ter um trabalho mais eficiente dos distribuidores e dos temperadores para valorizar o vidraceiro.


Se as empresas colocassem um valor de custo para a gente mostrar para o cliente que é bom, fica bem mais fácil de vendermos o produto.


O importante é você agregar valor ao seu produto e ao serviço.

Comments


Você também pode gostar de ler sobre:

bottom of page