top of page

PUBLICIDADE

Museu em Lyon e o vidro curvo!


Imagem: Instituto Bramante


Você, vidraceiro e serralheiro, já sabe que a variedade de vidros disponíveis no Brasil e no mundo, se bem utilizada, traz diversos benefícios ao segmento do vidro, desde uma janela com vidro insulado, ou uma linha automatizada, um box com vidro impresso, ou produtos que agregam valor as suas construções vidreiras.


Uma dessas construções, é o museu de história natural em Lyon, na França. Feito de vidro curvo, aço e concreto o projeto cobre uma área de 21.000m², com 41m de altura, 190m de comprimento e 90m de largura.


O museu está situado em uma península que se estendeu artificialmente há 100 anos e está na confluência dos rios Rhône e Saône.


Essencialmente, o edifício consta de três partes. Uma base levemente elevada (devido a grande elevação das águas subterrâneas), dois auditórios (para 327 e 122 pessoas, respectivamente) e espaços de trabalho, que também serão utilizados pelas escolas adjacentes para a capacitação, que se localizaram junto ao depósito e as oficinas para produção de exposições.



O edifício de entrada, chamado Cristal, construído com uma estrutura de vidro e aço. Lá, um cone transparente desce do topo do telhado ao piso, “a nuvem”, por outro lado, é coberta por painéis opacos. O local conta com um acesso vertical aos espaços expositivos. Os caminhos deste espaço conduzem às salas de exposição individual (uma delas de dois pavimentos), e ao final há uma vista da confluência dos dois rios e da Pointe du Confluent. A estrutura de aço, utilizando o mesmo princípio de construção de uma ponte, tornou possível a criação de todas as salas de exposições sem apoios. As salas de administração encontram-se sob estes espaços.


Sob este componente elevado - as salas de exposição estão em balanço -, a água reflete-se na parte de baixo do edifício. Um restaurante enfatiza o caráter público deste lugar e um terraço de livre acesso com cafeteria encontra-se no pavimento superior.


Na entrada do edifício, uma construção em forma de gota serve como estrutura de suporte. Sua forma resultou do fluxo turbulento criado pela confluência dos dois rios. Este poço de gravidade reduz a um terço o peso de toda a estrutura de aço do edifício de entrada.

Commentaires


Você também pode gostar de ler sobre:

bottom of page