top of page

PUBLICIDADE

VIDRO NOVÍSSIMO QUE PODE MUDAR O MERCADO


NOVO VIDRO PENN STATE
IMAGEM: PENN STATE

Apesar de suas muitas vantagens, o vidro tem um grande ponto fraco, é frágil. No entanto, engenheiros da Universidade Penn State do estado da Pensilvânia nos Estados Unidos, desenvolveram um novo tipo de material chamado LionGlass, que é 10 vezes mais resistente a danos e requer significativamente menos energia para ser fabricado.

O vidro mais comumente usado, conhecido como vidro de silicato de cal sodada, é fabricado em fornos que atingem altas temperaturas, consumindo muita energia e liberando dióxido de carbono na atmosfera. Além disso, esse vidro é feito de areia de quartzo, carbonato de sódio e calcário, sendo que os dois últimos liberam CO2 quando derretidos.


Os pesquisadores da Penn State aprimoraram a receita para produzir vidro de forma mais ecológica e mais resistente. O LionGlass substitui o carbonato de sódio e o calcário por materiais não carbonatados, cuja composição exata ainda não foi revelada devido a uma patente pendente. Essa substituição reduz as emissões diretas durante o processo de derretimento e diminui as temperaturas necessárias em até 400 °C, resultou em uma redução de cerca de 30% no consumo de energia e emissões.

Além disso, algumas composições de LionGlass apresentam resistência a rachaduras pelo menos 10 vezes maior do que o vidro de cal sodada padrão. Testes foram realizados em amostra sob um penetrador de diamante Vickers, demonstrando que o vidro LionGlass não se quebrou mesmo sob uma carga de força de 1 kg, enquanto o vidro normal rachou sob uma carga de apenas 0,1 kg. A resistência a rachaduras do LionGlass provavelmente ainda é maior, mas o equipamento de teste de consumo é seu limite.

De acordo com o pesquisador John Mauro, a maior resistência a danos do LionGlass se deve ao design da rede de vidro em escala atômica, que permite a dissipação da energia aplicada externamente antes de rachar. Essa propriedade é intrínseca ao vidro, não dependendo de técnicas de reforço extrínseco. Os produtos fabricados com LionGlass podem ser mais finos e leves devido à sua maior resistência. Isso resulta em menor consumo de matéria-prima e energia durante a produção e transporte, tornando-se uma opção vantajosa para o meio ambiente.

Tags:

Comentarios


Você também pode gostar de ler sobre:

bottom of page