top of page

PUBLICIDADE

Vidraceiros e serralheiros: como treinar a distância aí onde você está!


Imagem: departamento de arte Jornal do Vidro


Os cursos presenciais sempre são desenvolvidos com técnicas, ensinamentos e dicas. Com a mudança no país e no mundo, vem um novo modelo da Central do Vidraceiro, o “técnico ao vivo”. Eu vou fazer ele na integra. Você pode fazer perguntas, interagir, discutir ideias. Estou convidando um time de especialistas para estar nesse treinamento.


Percebemos que a gente pode ir um pouquinho mais longe e levar um pouquinho mais de informação para esses alunos que sempre nos procuram querendo mais.


O nosso treinamento vai ser um treinamento técnico de esquadrias de alumínio. Nós vamos muito a fundo em falar em corte, montagem, norma técnica, e o que nós devemos ou não fazer, em pintura, em vidro.


Vamos ter o treinamento ao vivo, várias turmas, com salas limitadas de 20 alunos. A gente vai poder interagir, vamos dar os momentos das perguntas para todo mundo poder explanar. Uma pessoa na minha equipe vai ser intermediadora, ela vai estar o tempo todo ali nas perguntas e respostas, com perguntas técnicas sendo respondidas ao vivo.


A Central do Vidraceiro tem um estúdio próprio e toda equipe de gravação, de TI, que já está a mais de um mês comprando equipamento, comprando plataforma, fazendo todos os testes. Criamos o projeto do treinamento ao vivo, e toda aula vamos ter um especialista.


São informações técnicas que muitas das vezes não chegam até o profissional, mas ele tem por obrigação saber isso e ter, por consciência em termos de norma técnica, que apresentar tudo isso para o cliente dele. Estamos criando agora profissionais especialistas no assunto.



Nós vamos trazer, na verdade, não só um treinamento básico da fachada, mas também outros sistemas de fachada, e quem vai ditar essa regra são os nossos alunos.


Iremos ter um módulo básico onde nós vamos ensinar eles a trabalharem com janelas de duas folhas, janela de quatro folhas, porta de correr, porta de giro e maxim-ar. A gente começa pelo modo básico, e aí a gente vai modulando e avançando conforme a necessidade.


É um modelo de negócios que foi criado pela necessidade que a gente já vem ouvindo há muito tempo, não tem limitação porque ficou uma coisa extremamente viável.


Todo módulo vai ter sua apostila, seu material técnico para baixar, os catálogos técnicos dos especialistas para baixar.


Você, vidraceiro e serralheiro, vai passar pra gente essa necessidade e a gente vai estar lá montando.


Até a próxima!

Ricardo Câmara

Tags:

Comments


Você também pode gostar de ler sobre:

bottom of page