top of page

PUBLICIDADE

Qual a importância das feiras para os negócios?


Imagem: Arquivo Jornal do Vidro


Quando falamos das feiras, devemos lembrar que, segundo a história, elas surgiram 500 a.C, vindas das civilizações fenícias, gregas, romanas e árabes, com fundamental importância para a intensificação do comércio. A palavra feira vem do latim “Feria”, que significa dia santo, domingo, dia de descanso.


Os comerciantes da época se reuniam próximo as igrejas, buscando a maior circulação de pessoas, para vender os excedentes das suas mercadorias não vendidas durante a semana.

As feiras se desenvolveram e cresceram muito a partir do crescimento do comércio mundial, entre os séculos XI e XIV (pico do crescimento). Pode-se dizer que elas são entidades que superaram os tempos, não se dobrando as modernidades e nem substituídas.


Vieram lojas, supermercados, shoppings, e outros lugares de reuniões de pessoas para compra e venda de produtos, mas mesmo assim, as feiras continuam.



O número de feiras aumentou consideravelmente após a globalização pois as fronteiras se abriram, e ficou mais fácil de transportar produtos entre continentes e países.


Com a pandemia, elas tornaram-se ainda mais necessárias, e é preciso que as feiras retornem, mas qual a vantagem de visitar uma feira ou expor? Existem dois públicos: o visitante e o expositor.


O visitante, seja ele quem for, busca novidade e nesses lugares é possível encontrar tudo o que interessa, além da comunicação com outras pessoas.


E para o expositor, qual a vantagem? Normalmente é um fabricante ou distribuidor. Na feira o fabricante encontra seu público alvo e pode mostrar seu produto para as pessoas que tem potencial de compra, ou aquelas que tem influência para indicar a outros profissionais.


Esses dois públicos têm algo em comum, a busca pelo contato humano. Uma feira do vidro como a Expovidral é muito importante, pois ela reúne o público do segmento e mercados relacionados.

Então é indiscutível a importância de uma feira, basicamente pela interação, além da mescla de cultura.

Comentarios


Você também pode gostar de ler sobre:

bottom of page