top of page

PUBLICIDADE

Neuroarquitetura aliada a saúde humana


Imagem: Projetou blog


A neuroarquitetura alia os conceitos da neurociência à arquitetura, ou seja, o ambiente em que a pessoa está inserida provoca sensações, sentimentos e outras questões a partir dos 5 sentidos (visão, olfato, audição, paladar e tato). O objetivo dela é proporcionar o bem-estar de quem ocupa esses lugares.


Cores, texturas, iluminação, acústica do ambiente, ventilação e outros fatores presentes em cada local tem seu papel na relação entre as duas áreas ( arquitetura e neurociência). Segundo Fred Gage, um dos responsáveis pelo início dos estudos da neuroarquitetura ainda nos anos 90 “Ao planejar os ambientes em que vivemos,

o projeto arquitetônico muda nosso cérebro e comportamento”.


Ela pode ser empregada em qualquer projeto, seja ele residencial, hospitalar, lugares de lazer, ou mesmo em sua vidraçaria e serralheria. Entre os benefícios dela, vale destacar : melhoria no aprendizado, melhoria na produtividade, produtividade no trabalho, humanização de espaços corporativos, recuperação de saúde, além de outros pontos de acordo com a situação.



Um dos exemplos em situações alumínio-vidreiras é o PVC aliado ao vidro insulado, que segundo o professor da Universidade do Som e diretor da Atenuasom Edison Claro de Moraes nos relatou em matéria sobre os benefícios do PVC nas instalações vidreiras “O PVC, pelas suas características, proporciona excelente desempenho térmico e, por ter seus cantos soldados, proporcionam melhor vedação, trazendo um bom desempenho acústico”.


Anteriormente a psicóloga, Marina Abdullah nos explicou a importância da iluminação natural interna e externa proporcionada pelos vidros: “Para a saúde mental, o hormônio serotonina é fundamental e a luz natural aumenta sua produção. Ela promove bom humor, regula o sono e, consequentemente, o relógio cercadiano (relógio biológico)”.



Tags:

Комментарии


Você também pode gostar de ler sobre:

bottom of page