top of page

PUBLICIDADE

Como será a manutenção preventiva do forno da Guardian Glass?


Imagem: Guardian Glass Brasil


Você, que é profissional do segmento alumínio-vidreiro e está por dentro das notícias das últimas semanas, sabe do novo aumento no valor do vidro, sobre prorrogação do direito antidumping definitivo por um prazo de até 5 anos, além da parada para manutenção preventiva de um forno da fabricante de vidros Guardian Glass, programada para dia 30 de março.


Procurados por nossa redação para esclarecer como será a situação nesse período, o diretor comercial da Guardian Glass, Renato Sivieri, explica: “Este é um reparo comum a todos os fornos de vidro que acontece em média a cada 3 anos e tem intenção preventiva”.



O diretor comercial diz que a retomada do empacotamento será no mês de abril, e reforça a importância da manutenção: “O efeito positivo do reparo é a ampliação da capacidade, além da manutenção dos níveis de qualidade”.


Sivieri ainda ressalta que os níveis atuais de serviço não devem ser afetados: “Estamos nos preparando para este reparo há algum tempo e todas as medidas cabíveis foram tomadas para evitar a suspensão”.


Por parte de uma das clientes da Guardian Glass, Felipe Ribeiro Bastos da Central Vidros, indústria de vidros laminados e insulados da cidade de Brasilia - DF, diz que hoje 80 a 90% de sua produção é de materiais da Guardian, sendo que 80% são vidros de controle solar “Se eles não conseguirem me atender, eu não tenho nem o que vender, porque o concorrente não tem produtos similares”.

Tags:

Comments


Você também pode gostar de ler sobre:

bottom of page