top of page

PUBLICIDADE

FALTA DE MATERIAL E ALTA DE PREÇOS!


Imagem: Reportagem Jornal do Vidro

Em meu acompanhamento diário do nosso mercado, me deparei e fui vítima do tal novo normal, falta de material para trabalhar, alta nas ferragens, perfis de alumínio e vidros.


Não existe um parâmetro ou uma só explicação, mas após interpelar, empresários, representantes de entidades de classe, economistas, vidraceiros e serralheiros, cheguei a conclusão que a um consenso, o represamento causado pela paralisação por conta do isolamento social feito para precaução do alastramento do Covid-19, ocorrida entre 20 de março até 20 de abril (média), trouxe essas consequências mais visíveis somente agora. A indústria deixou de fabricar por um período, a demanda parou por pouco tempo e de quebra a construção civil acelerou, resultado: Estoques baixos, mais procura do que produtos disponíveis, como reação a lei de oferta e procura trouxeram a tal alta de preços, essa é a conclusão unânime de todos os especialista com quem conversei.



Devemos estar otimistas? Sim, devemos, mesmo porque o governo federal deve fazer de tudo para que os pacotes relacionados à construção civil funcionem até por que serão importantes argumentos nas eleições de outubro.Devemos nos preparar para mais falta? Sim, também, até porque a demanda deve aumentar ainda mais nos próximos meses, e até lá a produção de tudo ainda deve trabalhar com déficit.

Você também pode gostar de ler sobre:

bottom of page