1/2

PUBLICIDADE

Segmento alumínio vidreiro em retomada?


Imagem: departamento de arte Jornal do Vidro


Na noite do dia 02 de setembro, às 20h, o Jornal do Vidro realizou a 14ª edição da live “No meio do caminho”, que traz debates relevantes aos profissionais do segmento alumínio vidreiros. O programa conversou com distribuidores, temperadores e vidraceiros dos três estados da região sul e de São Paulo quanto às situações durante a pandemia, bem como a retomada no segmento. Os convidados da noite foram a executiva da Ascevi (Associação Catarinense das empresas vidreiras), Joana Santos, o empresário Antonio Hornke da beneficiadora de vidros Toniglass, do Rio Grande do Sul, o gerente comercial Thiago de Paula da tempera Sulglass, de Curitiba, e Angelo Arruda, diretor da distribuidora de vidro e sistemas de envidraçamento para contrução civil Vidrosistemas, do estado de São Paulo.


No primeiro bloco, eles conversaram com Rodrigo Sandim sobre os primeiros dias de pandemia em suas empresas e regiões. A representante da associação falou sobre a importância da construção civil no processo de volta: “Ficamos duas semanas parados, e depois havia uma pressão dos empresários para a retomada da construção civil. Depois que a construção civil voltasse os outros poderiam voltar também", completa a executiva. O diretor da Vidrosistemas diz que no inicio foi um trauma “Não saber se você vai vender na semana que vem, ninguém imaginava isso. Depois de 15 dias aqui em São Paulo começaram a entender quem podia trabalhar", afirma.


Thiago de Paula, da Sulglass, também segue a mesma linha “Não sabíamos se haveria vendas, ou como haveria”, a saúde financeira da empresa também era uma preocupação. O empresário da beneficiadora Toniglass diz que, depois de 10 dias, voltaram aos trabalhos: “Trabalhamos em home office, e os instaladores de rua trabalhando com os cuidados”, a construção civil não parou, completa.


No segundo bloco, a conversa foi sobre as mudanças a partir da pandemia. Angelo acredita que a situação mudou a maneira das pessoas se comunicarem: “A pandemia forçou as pessoas a estarem nas redes sociais”. Thiago complementa sua fala: “Nós já tínhamos uma plataforma online e ela foi muito usada”.

Hornke também diz sobre as redes: “Já trabalhávamos com WhatsApp, com a pandemia, isso acrescentou", completa.


Os entrevistados também falaram sobre a retomada no setor. Para Joana, há uma retomada: “Estamos em retomada desde junho, vamos sair diferentes". Arruda também comenta sobre o momento do setor: “Negócios fervendo”, a liberação de verbas do governo também contribui, ressalta.


O gerente comercial da tempera também traz sua visão: “Mesmo com o lado financeiro e o mercado aquecido, a retomada pode ser que demore um pouco mais”, houve mudança por parte dos consumidores e no segmento. Antonio segue uma linha parecida: “Tem a retomada, mas acredito que tenha que ser um dia de cada vez. O legado que temos da pandemia são os cuidados".


Ainda na live, os entrevistados comentaram sobre a relação com os colaboradores durante o período.


Rodrigo Sandim também anunciou que todos os programas de início de mês terão a participação de um representante da Ascevi (Associação Catarinense das empresas vidreiras).

PUBLICIDADE

041 3564-3665

041 3564-3665

WVETRO SISTEMA DE CÁLCULO

041 3564-3665

041 3564-3665

O SISTEMA QUE TRABALHA PARA VOCÊ GANHAR TEMPO

041 3564-3665

041 3564-3665

ESPECÍFICO PARA VIDRAÇARIAS E SERRALHERIAS

PUBLICIDADE

ECG..png
ECG..png

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Sem título-2.png

PUBLICIDADE

BOLT INOX..png
BOLT INOX..png

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

NETOCOLOR.jpg

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

INOX PAR.png

1/4
logo planekit 2.png
WhatsApp Image 2020-11-05 at 14.22.07.jp
startec logo.jpeg

Você também pode gostar de ler sobre: