© 2019 Todos os Direitos reservados ao Jornal do Vidro. Produzido por Agência GUIAX

1/2

PUBLICIDADE

Empresas do vidro que insistem em continuar trabalhando, tem problemas em entregar suas obras

                                                                                Imagem: Jornal do Vidro

 

Sabemos que nesse momento as empresas não poderão trabalhar por determinação do Ministério da Saúde e da Organização mundial de saúde, mas mesmo com o apelo das autoridades e dos órgãos públicos relacionados à saúde, muitas empresas de varejo do segmento alumínio-vidreiro insistem em trabalhar nesse período.

 

Nosso repórter Rodrigo Sandim esteve em contato com vidraceiros que estão tentando trabalhar mesmo nesse período e os mesmos relataram que obras que estavam começadas em condomínios e residências, assim como em empresas, não puderam ter prosseguimento porque os proprietários e responsáveis por essas propriedades não autorizaram a entrada nem mesmo para a finalização dessas obras. Nem mesmo os agendamentos de orçamentos que já haviam sido feitos antes desse período de restrição social escapam desse procedimento. Quando os profissionais chegam nesse local para efetuar o serviço, acabam tendo a mesma resposta: "prefiro que você volte quando passar todo esse período".

 

Mesmo que o vidraceiro e serralheiro queira burlar as determinações estabelecidas e sugeridas pelos órgãos responsáveis pela saúde e demais autoridades governamentais e municipais, não têm conseguido realizar com sucesso e muitos deles acabaram mudando de ideia e dispensaram os funcionários, deixando de tentar fazer algo de efetivo nas localidades externas. Por motivo de preservação de fonte e por entender que estamos passando por um momento difícil, a reportagem reservou-se o direito a não revelar o nome dessas empresas. O fato é, se você é vidraceiro, serralheiro ou qualquer profissional do segmento, o melhor nesse momento é realmente manter-se em quarentena, como sugere o ministério da saúde e a Organização mundial de saúde.

 

Países e estados que adotaram essas medidas inicialmente tiveram seu comércio interno restabelecido parcialmente de maneira mais rápida. Exemplos bastante exitosos são Coréia do Sul e Japão. Esses países, mesmo com a proximidade da China, conseguiram após a quarentena ter boa parte do comércio voltando a funcionar com restrição, mas com êxito.

seção:

Please reload

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

ECG..png
ECG..png

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Sem título-2.png

PUBLICIDADE

BOLT INOX..png
BOLT INOX..png

PUBLICIDADE

carreta do vidraceiro - jornal do vidro.

PUBLICIDADE

NETOCOLOR.jpg

PUBLICIDADE

max fer.png

PUBLICIDADE

union.png
INOX PAR.png

1/4

Você também pode gostar de ler sobre:

Você conhece o Vidro Low-e?

13/01/2020

Ascevi intermédia palestra na I Semana das Engenharias em Palhoça SC para 60 estudantes de Arquitetu...

12/09/2017

Empresas italianas mostram novidades da indústria vidreira durante a Glass South America

08/06/2016

Saiba por que você não pode perder a GLASS SOUTH AMERICA

03/06/2016

USP São Carlos desenvolve vidro que muda de cor e pode camuflar objetos

01/06/2016

Níveis de blindagem automotiva

25/05/2016

Governo sinaliza irregularidade em exportações de vidros automotivos

13/05/2016

Vidro Serigrafado: Instrumento elementar ou primordial?

11/05/2016

1/1
Please reload