© 2019 Todos os Direitos reservados ao Jornal do Vidro. Produzido por Agência GUIAX

1/2

PUBLICIDADE

Lei pode mexer com o preço do vidro

                                                                                                              Imagem: Arquivo Jornal do Vidro

 

O Diário Oficial da União publicou no último dia 19 de dezembro de 2019, a Circular de Nº69 que determina o início da revisão do direito antidumping aplicado às importações brasileiras de vidros planos float incolores, que tenham espessura de 2 a 19 mm e sejam da Arábia Saudita, China, Egito, Emirados Árabes, Estados Unidos e México. Essa ação foi fruto de petição da Cebrace e da Guardian, por intermédio da Associação Brasileira das Indústrias de Vidro (ABIVIDRO).

 

A conclusão da revisão tem prazo final para outubro de 2020 e pode ter sua data prorrogada por mais dois meses em caso de circunstâncias excepcionais. No final do processo haverá a definição se o direito antidumping continuará por mais cinco anos ou não, mas, durante as análises antidumping continuarão em vigor.

 

O que é dumping?

 

O dumping se trata de uma prática comercial que consiste na introdução de um bem no mercado de um país com um preço de exportação menor do que o seu valor normal praticado na venda do produto similar. As medidas antidumping podem ser usadas quando a importação de produtos objetos de dumping causam danos à indústria doméstica.

 

Toda vez que o governo brasileiro recebe uma denúncia de dumping e aceita, é estabelecido um tempo para a investigação, onde se verifica se há: prática de dumping por parte das empresas exportadoras dos países envolvidos, dano causado por essa prática à indústria nacional, nexo de causalidade, ou seja, se as importações investigadas são o motivo do dano à indústria nacional.

 

Caso seja comprovado a prática de dumping, dano e nexo causal, o governo tem o direito de aplicar medidas antidumping, e durante os cinco anos recorrentes há a possibilidade de pedido de revisão visando à prorrogação da medida.

 

A situação do vidro float incolor

 

No dia 19 de dezembro de 2014, foi publicada pelo governo a Resolução Nº 121, que determina a aplicação do direito antidumping por cinco anos dos vidros floats incolores de espessura e países citados no início da matéria. Esta medida é válida ainda hoje e agora está em revisão.

seção:

Please reload

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

ECG..png
ECG..png

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Sem título-2.png

PUBLICIDADE

BOLT INOX..png
BOLT INOX..png

PUBLICIDADE

carreta do vidraceiro - jornal do vidro.

PUBLICIDADE

NETOCOLOR.jpg

PUBLICIDADE

max fer.png

PUBLICIDADE

union.png
INOX PAR.png

1/4

Você também pode gostar de ler sobre:

Você conhece o Vidro Low-e?

13/01/2020

Ascevi intermédia palestra na I Semana das Engenharias em Palhoça SC para 60 estudantes de Arquitetu...

12/09/2017

Empresas italianas mostram novidades da indústria vidreira durante a Glass South America

08/06/2016

Saiba por que você não pode perder a GLASS SOUTH AMERICA

03/06/2016

USP São Carlos desenvolve vidro que muda de cor e pode camuflar objetos

01/06/2016

Níveis de blindagem automotiva

25/05/2016

Governo sinaliza irregularidade em exportações de vidros automotivos

13/05/2016

Vidro Serigrafado: Instrumento elementar ou primordial?

11/05/2016

1/1
Please reload