© 2019 Todos os Direitos reservados ao Jornal do Vidro. Produzido por Agência GUIAX

1/2

PUBLICIDADE

Você sabe como o espelho surgiu?

                                                                                     Imagem: Departamento de Arte Jornal do Vidro

 

Acredita-se que a primeira forma que o humano usou para ver a sua própria imagem foi através do reflexo da água, mas você sabe como foi o surgimento do primeiro espelho?

 

O primeiro relato da existência de um espelho, ainda feito de obsidiana (uma pedra de origem vulcânica com alta concentração de sílica), foi aproximadamente no ano de 6000 a.C. em Anatólia, onde hoje é a Turquia. Na América, também foram encontrados instrumentos similares nessa mesma época. Mais tarde, por volta do ano 2000 a.C., na Mesopotâmia e no Egito, os espelhos começaram a ser feitos a partir de um cobre polido, enquanto na China eles eram realizados em bronze.

 

Os espelhos como conhecemos hoje, feitos de vidro e metal, foram inventados no século I em Sidon, onde atualmente é o Líbano. Outros modelos como, por exemplo, os que eram feitos com uma lâmina de vidro coberto de ouro em uma das suas faces, surgiram por volta do ano 77 em Roma, mas eram muito mais caros do que os modelos que encontramos hoje, por conta do uso do ouro e não da prata para a reflexão do vidro.

 

Alguns artesãos europeus, durante o Renascimento, aperfeiçoaram um mecanismo que se resumia em cobrir uma das faces de um vidro com uma amálgama (liga metálica) de mercúrio fina, porém não se sabe até hoje a data exata em que essa descoberta aconteceu. No século XVI, esse modelo era bastante popular, apesar do alto custo.

 

Na idade média somente as pessoas de alta classe que possuíam muito dinheiro conseguiam adquirir o espelho, pois com o valor de somente uma peça era possível comprar um navio. Essa realidade só mudou com a Revolução Industrial, quando ocorreu a produção em massa no século XIX que reduziu violentamente o preço dos espelhos.

 

O primeiro modelo feito em prata, parecido com o que usamos atualmente, foi criado por um químico alemão chamado Justus von Liebig, no ano de 1835, tornando o utensílio mais barato e mais acessível. Os métodos utilizados hoje na fabricação do espelho não mudaram tanto desde essa época e são produzidos pela sobreposição de camadas finais de alumínio ou prata sobre o cristal de vidro.

Please reload

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

ECG..png
ECG..png

PUBLICIDADE

METTALLFLECK..png
METTALLFLECK..png

PUBLICIDADE

Sem título-2.png

PUBLICIDADE

BOLT INOX..png
BOLT INOX..png

PUBLICIDADE

KING..png

PUBLICIDADE

NETOCOLOR.jpg

PUBLICIDADE

ANTALUM..png

PUBLICIDADE

union.png

PUBLICIDADE

INOX PAR.png

PUBLICIDADE

ALIANCA ALUMINIOS[.png

Você também pode gostar de ler sobre:

Ascevi intermédia palestra na I Semana das Engenharias em Palhoça SC para 60 estudantes de Arquitetu...

12/09/2017

Empresas italianas mostram novidades da indústria vidreira durante a Glass South America

08/06/2016

Saiba por que você não pode perder a GLASS SOUTH AMERICA

03/06/2016

USP São Carlos desenvolve vidro que muda de cor e pode camuflar objetos

01/06/2016

Níveis de blindagem automotiva

25/05/2016

Governo sinaliza irregularidade em exportações de vidros automotivos

13/05/2016

Vidro Serigrafado: Instrumento elementar ou primordial?

11/05/2016

Você conhece o Vidro Low-e?

12/02/2016

1/1
Please reload