© 2019 Todos os Direitos reservados ao Jornal do Vidro. Produzido por Agência GUIAX

1/2

PUBLICIDADE

“Transporte de vidros” alguns modelos de carros adequados para o transporte

                                                                                     Imagem: Departamento de Arte Jornal do Vidro

 

Mesmo se tratando de um material resistente, o vidro também é frágil, por isso o seu transporte requer cuidados especiais para garantir a segurança das peças e não comprometer a aparência do vidro, nem levá-lo a quebra. Danos como esses podem prejudicar o vidraceiro e ainda afetar a segurança da obra e de quem estiver por perto.

 

Para manuseios e transportes seguros é necessário seguir algumas precauções, por isso trouxemos alguns modelos de carros mais usados para transportar as peças de vidro tranquilamente e com segurança, confira:

 

Como o vidro é um material que pode molhar sem ter danos, é preferível o uso de carros abertos que tenham um espaço maior para acomodar as peças espaçadamente, além de ser mais fácil de carregar e descarregar sem prejudicar a peça. A escolha do automóvel vai depender do peso e da quantidade de carga que a vidraçaria costuma transportar.

 

Para cargas menores feitas diariamente, as vidraçarias costumam usar veículos utilitários menores que possuem a carroceria aberta como caminhonetes. Carros desse modelo podem facilitar a circulação em áreas urbanas e chegam a suportar até 1,2 toneladas. Alguns exemplos: Strada (Fiat), Saveiro (Volkswagen) e Montana (Chevrolet).

 

Se a vidraçaria tiver demandas maiores, existem caminhões de porte pequeno que podem circular em cidades. Os veículos urbanos de carga (VUC) possuem no máximo 2,2 metros de largura e até 6,3 metros de comprimento e conseguem transportar em média 3 toneladas de carga. Alguns exemplos: os modelos da Mercedes-Benz, Sprinter 415 CDI, Accelo 815 e Accelo 1016, a Ford possui o Cargo 816 e a Volkswagen o Delivery 11.180.

 

Como cada município possui suas próprias normas de restrições, é importante se informar sobre as da sua região ou da região onde o trabalho será entregue.

 

O caminhão toco, conhecido também como semi-pesado, possui dois eixos e tem capacidade máxima de 6 toneladas. Alguns exemplos: Constellation 24.280 (Volkswagen) e o Atego 2425 (Mercedes-Benz). Em casos de cargas especiais, existem empresas especializadas no transporte de cargas específicas.

Please reload

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

ECG..png
ECG..png

PUBLICIDADE

METTALLFLECK..png
METTALLFLECK..png

PUBLICIDADE

Sem título-2.png

PUBLICIDADE

BOLT INOX..png
BOLT INOX..png

PUBLICIDADE

KING..png

PUBLICIDADE

NETOCOLOR.jpg

PUBLICIDADE

ANTALUM..png

PUBLICIDADE

union.png

PUBLICIDADE

INOX PAR.png

PUBLICIDADE

ALIANCA ALUMINIOS[.png

Você também pode gostar de ler sobre:

Ascevi intermédia palestra na I Semana das Engenharias em Palhoça SC para 60 estudantes de Arquitetu...

12/09/2017

Empresas italianas mostram novidades da indústria vidreira durante a Glass South America

08/06/2016

Saiba por que você não pode perder a GLASS SOUTH AMERICA

03/06/2016

USP São Carlos desenvolve vidro que muda de cor e pode camuflar objetos

01/06/2016

Níveis de blindagem automotiva

25/05/2016

Governo sinaliza irregularidade em exportações de vidros automotivos

13/05/2016

Vidro Serigrafado: Instrumento elementar ou primordial?

11/05/2016

Você conhece o Vidro Low-e?

12/02/2016

1/1
Please reload