© 2019 Todos os Direitos reservados ao Jornal do Vidro. Produzido por Agência GUIAX

1/2

PUBLICIDADE

Atitudes que podem prejudicar sua vidraçaria

                                                                                     Imagem: Arquivo Jornal do Vidro

 

Ter a própria vidraçaria é um desafio e tanto, além de não vir com um manual de instruções sobre como lidar com eventuais problemas e surpresas que possam surgir no decorrer do tempo.

 

Vidraceiros mais velhos costumam dizer que a experiência ensina, mas nem tudo precisa ser aprendido com experiências ruins, se você souber resolver algumas situações de antemão. Veja abaixo algumas atitudes prejudiciais para o sucesso da sua vidraçaria:

 

Não saber separar contas pessoais das contas da vidraçaria

 

De todas, essa é a atitude mais prejudicial. Por achar mais fácil de administrar, o vidraceiro resolve deixar as contas do trabalho e da família juntas, pois é muito tentador organizar dessa maneira. Porém, no final do mês o vidraceiro pode acabar gastando o que era da casa para pagar uma conta da vidraçaria ou vice-versa, até que as contas virem um amontoado, crescendo cada vez mais.

 

Separar a vida profissional da vida pessoal é o ponto principal para todo profissional de sucesso. Não misture as duas coisas pois, tudo tente a ir de mal a pior.

 

Não manter um planejamento

 

Planejar é um dos pontos mais importantes para ter um negócio de sucesso, não fique à disposição da sorte. A sorte é um artifício que raramente podemos contar, portanto esteja sempre prevenido.

 

Organize por data as suas contas, calcule dias e horários para que seus funcionários não percam tempo indo de um lugar para o outro, confira com seus distribuidores se entregarão os materias a tempo. Não deixe nada para a última hora.

 

Clientes descontentes

 

Discutir com o seu cliente não vai te levar a lugar algum, pelo contrário, ele pode vir a recorrer contra sua vidraçaria, pois o cliente nem sempre está certo, mas geralmente fica com a razão. Dias ruins são normais e alguns conseguem ser ainda piores, mas esse é o momento exato de parar e respirar fundo. Surtar e jogar tudo para o alto só irá te trazer mais problemas.

 

Ouça as reclamações, anote o que está sendo dito, ofereça um copo de água e beba um também, mostre possíveis soluções e diga que fará o possível para resolver o problema o mais rápido possível e realmente o faça, não torne suas promessas apenas dívidas, cumpre-as.

 

Falta de opções de produtos diferentes

 

Tenha diferentes variedades de vidros para oferecer, pois o cliente terá mais chances de escolha. Produtos que aparentemente são iguais e que só um profissional da área saberia a diferença não são boas escolhas, pois o cliente pode acabar optando simplesmente pelo mais barato.

Please reload

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

ECG..png
ECG..png

PUBLICIDADE

METTALLFLECK..png
METTALLFLECK..png

PUBLICIDADE

Sem título-2.png

PUBLICIDADE

BOLT INOX..png
BOLT INOX..png

PUBLICIDADE

KING..png

PUBLICIDADE

NETOCOLOR.jpg

PUBLICIDADE

ANTALUM..png

PUBLICIDADE

union.png

PUBLICIDADE

INOX PAR.png

PUBLICIDADE

ALIANCA ALUMINIOS[.png

Você também pode gostar de ler sobre:

Ascevi intermédia palestra na I Semana das Engenharias em Palhoça SC para 60 estudantes de Arquitetu...

12/09/2017

Empresas italianas mostram novidades da indústria vidreira durante a Glass South America

08/06/2016

Saiba por que você não pode perder a GLASS SOUTH AMERICA

03/06/2016

USP São Carlos desenvolve vidro que muda de cor e pode camuflar objetos

01/06/2016

Níveis de blindagem automotiva

25/05/2016

Governo sinaliza irregularidade em exportações de vidros automotivos

13/05/2016

Vidro Serigrafado: Instrumento elementar ou primordial?

11/05/2016

Você conhece o Vidro Low-e?

12/02/2016

1/1
Please reload