© 2019 Todos os Direitos reservados ao Jornal do Vidro. Produzido por Agência GUIAX

1/2

PUBLICIDADE

Nova norma técnica deve regulamentar a profissão de vidraceiro

                                                                                                               Imagem: Arquivo Jornal do Vidro

A nova norma de Profissionalização do Vidraceiro está sendo definida pelo comitê da CB37, e irá nortear os profissionais do setor vidreiro. O propósito é definir as competências mínimas de um vidraceiro e estabelecer categorias em diferentes níveis e especialidades.

 

A profissão foi dividida em quatro categorias, são elas:

 

• Vidraceiro vendedor. É quem faz o primeiro contato com o cliente, colhe informações para fazer o orçamento.

• Vidraceiro especificador. É quem especifica os produtos de acordo com as normas do setor.

• Vidraceiro transportador. É o responsável pelo manuseio e transporte dos produtos de determinado projeto.

• Vidraceiro instalador. É quem faz a instalação dos vidros, componentes, perfis, entre outros itens.

 

Também está sendo definido quais serão os tipos de instalação mínimos que um vidraceiro deve saber fazer.

 

A primeira categoria está relacionada as habilidades mínimas, são elas: montar quadros e molduras, fazer divisão de ambientes, guichês, espelhos de pequenas dimensões, vidros decorativos em geral, porta de correr, etc.

Neste nível, o vidraceiro deve saber instalar o vidro e seus componentes, estudar o vão, planejar a instalação, identificar o tipo de ferragem que será aplicada, fazer manutenções, analisar instalações de terceiros, entre outros.

 

A segunda categoria é relacionada a instalações mais complexas, como instalações acima de uma certa altura, com vidros jumbo por exemplo, pois é necessário entender o risco da instalação e o peso do vidro.

 

Está sendo analisado como definir e dividir as funções, se ela será relacionada ao tipo de instalação, tipo de vidro ou tipos de interferências.

                                                                                                               Imagem: Arquivo Jornal do Vidro

 

Cirilo Paes, técnico em aplicação de produtos da Glass Peças, afirma: “Estamos dando um passo à profissionalização de nosso setor. O vidraceiro é o indivíduo mais importante da cadeia, pois ele precisa conhecer de vidro, de ferragem, de alumínio, de substrato, de aplicações, enfim, é este profissional que irá realizar o desejo e o sonho do cliente na aquisição do produto em si. É importante frisar que todos estes profissionais terão pré-requisito para exercer cada uma destas competências, podendo inclusive acumular todas, que seria o caso do vidraceiro MEI, que executa todas estas funções”.

 

“Esta norma terá uma importância muito significativa para a profissão do vidraceiro, pois será através dela que iremos elevar o nível do profissional. Até hoje nosso setor tem sido desqualificado e desinformado, o vidraceiro é uma profissão que se aprendia por observação, hoje temos vários cursos, em nosso mercado que tem colaborado bastante para a qualificação do vidraceiro, mas isso não é o suficiente, temos que criar uma cultura em todo o setor para que o profissional que queira trabalhar com vidro ter no mínimo o conhecimento básico do produto que trabalhamos”, acrescenta Paes.

 

Cirilo diz que a ideia não é tirar ninguém do mercado, e sim agregar conhecimento em quem já está no mercado e cobrar o conhecimento dos que entrarem. Assim os serviços e os profissionais serão cada vez melhores e mais valorizados.

 

Please reload

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

ECG..png
ECG..png

PUBLICIDADE

METTALLFLECK..png
METTALLFLECK..png

PUBLICIDADE

Sem título-2.png

PUBLICIDADE

BOLT INOX..png
BOLT INOX..png

PUBLICIDADE

KING..png

PUBLICIDADE

NETOCOLOR.jpg

PUBLICIDADE

ANTALUM..png

PUBLICIDADE

union.png

PUBLICIDADE

INOX PAR.png

PUBLICIDADE

ALIANCA ALUMINIOS[.png

Você também pode gostar de ler sobre:

Ascevi intermédia palestra na I Semana das Engenharias em Palhoça SC para 60 estudantes de Arquitetu...

12/09/2017

Empresas italianas mostram novidades da indústria vidreira durante a Glass South America

08/06/2016

Saiba por que você não pode perder a GLASS SOUTH AMERICA

03/06/2016

USP São Carlos desenvolve vidro que muda de cor e pode camuflar objetos

01/06/2016

Níveis de blindagem automotiva

25/05/2016

Governo sinaliza irregularidade em exportações de vidros automotivos

13/05/2016

Vidro Serigrafado: Instrumento elementar ou primordial?

11/05/2016

Você conhece o Vidro Low-e?

12/02/2016

1/1
Please reload