© 2019 Todos os Direitos reservados ao Jornal do Vidro. Produzido por Agência GUIAX

1/2

PUBLICIDADE

Glasstec: Principal feira vidreira do mundo

 

                                                                                                                                                 Imagem: Abravidro

 

Foi iniciada na terça-feira (23) na cidade alemã Düsseldorf, a 25° edição da Glasstec possuindo o maior número de expositores da história do evento. Segundo a organização, com mais de 1200 marcas de todo o planeta.

 

Corredores cheios e empresas satisfeitas com o grande público, inclusive com a presença de brasileiros, marcaram o primeiro dia do evento.

 

Maquinários em peso
Em alguns pavilhões grandes marcas fabricantes de maquinários para processamento, incluindo lapidadoras, mesa de corte e linhas para laminação, estiveram presentes.

 

Em alta resolução
A israelense Dip-tech fez dois lançamentos de impressoras durante a feira: a NEraV Plus, dedicada para vidros automobilísticos, e a VEra, indicada para uso em vidros planos para linha branca (eletrodomésticos). A principal característica dos dois modelos é fazer em apenas 12 segundos um ciclo de produção.

 

Para gigantes e pequenos
O destaque do estande da Glaston é um forno de tempera para vidros jumbos. Contando com um modo de “segunda célula” o equipamento permite a regulagem para trabalho com espessuras diferentes.

 

Informação na mão do processador
A Keraglass apresenta um software que calcula o custo por metro quadrado do vidro temperado, e oferece ao processador dados para que ele possa avaliar os lucros e prejuízos da empresa de forma instantânea.

 

Macotec
Uma ponte rolante da empresa italiana, que já está em uso em processadoras na Europa, faz o abastecimento dos classificadores, pegando o vidro dos caminhões inloaders, e abastece as mesas de corte.

 

Sem suor no trabalho
A Prodim, empresa holandesa, apresentou o Proliner, um equipamento de medição, que permite digitalizar moldes para o trabalho com vidro. Esses arquivos digitais podem ser levados diretamente para centros de usinagem ou mesas de corte.

 

Aposta na versatilidade
Schiatti Angelo apresentou máquinas de grande porte, para grandes espessuras. Um destaque é a linha de furadeira-fresadora vertical, que ainda não se encontra no Brasil.

 

Lavagem bem-feita
A italiana Triulzi expôs uma lavadora horizontal, específica para trabalho em linhas de produção que incluem serigrafia digital.  A máquina possui esponjas especiais para o material e um reservatório para produtos para limpeza.


Fonte: https://abravidro.org.br/

 

Please reload

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

ECG..png
ECG..png

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Sem título-2.png

PUBLICIDADE

BOLT INOX..png
BOLT INOX..png

PUBLICIDADE

carreta do vidraceiro - jornal do vidro.

PUBLICIDADE

NETOCOLOR.jpg

PUBLICIDADE

max fer.png

PUBLICIDADE

union.png
INOX PAR.png

1/4

Você também pode gostar de ler sobre:

Você conhece o Vidro Low-e?

13/01/2020

Ascevi intermédia palestra na I Semana das Engenharias em Palhoça SC para 60 estudantes de Arquitetu...

12/09/2017

Empresas italianas mostram novidades da indústria vidreira durante a Glass South America

08/06/2016

Saiba por que você não pode perder a GLASS SOUTH AMERICA

03/06/2016

USP São Carlos desenvolve vidro que muda de cor e pode camuflar objetos

01/06/2016

Níveis de blindagem automotiva

25/05/2016

Governo sinaliza irregularidade em exportações de vidros automotivos

13/05/2016

Vidro Serigrafado: Instrumento elementar ou primordial?

11/05/2016

1/1
Please reload