© 2019 Todos os Direitos reservados ao Jornal do Vidro. Produzido por Agência GUIAX

1/2

PUBLICIDADE

Norma de Guarda-corpo entra em revisão

                                                                                                                                                 Imagem: Alueng DF

 

Há dois anos a norma técnica NBR 14.718 – Guarda-corpo em Edificações, criada em 2001, estava em discussão e em setembro ela entrou em consulta pública. O objetivo da revisão da norma, é deixa-la mais abrangente em relação as aplicações e materiais utilizados. A norma excluía a aplicação de guarda-corpos em aeroportos e áreas com grande aglomerado de pessoas.

 

A engenheira Fabiola Rago Beltrame, coordenadora da Coordenadora da CEE-191 (Comissão Especial de Estudos de Esquadrias, da qual faz parte o grupo responsável pela revisão daNBR 14718), explica: “Na época se considerava que estas áreas deveriam ter um estudo específico e os valores da ABNT NBR 14718 deveriam ser adotados como mínimos, mas não foi o que aparentemente aconteceu. Portanto, esta nova revisão contou com profissionais que estão projetando e executando guarda-corpos para estas áreas. Então, as mesmas agora fazem parte do escopo da norma, que se tornou mais abrangente, incluindo as aplicações de guarda-corpos em shoppings, estádios, aeroportos e outros”

 

Fabiola diz que a alteração é na carga a ser aplicada, a qual será de acordo com a altura e local a ser colocado, o que não era considerado na antiga norma. Outros requisitos continuaram praticamente os mesmos e os testes a serem executados nos guarda-corpos não tiveram alteração, mas agora estão mais detalhados para que não haja dúvidas. 

 

                                                                                                                                              Imagem: Box o Vidro

 

Durante muito tempo o conteúdo da norma técnica era pouco conhecida pela maioria dos profissionais, atualmente este assunto está constantemente sendo divulgado. As reuniões que sempre estiveram abertas para receber qualquer profissional passaram a ser transmitidas pela internet, expandindo e facilitando o acesso das pessoas. Todos podem participar, dar sugestões, expor sua opinião e contribuir com a definição que dá direção as instalações de vidro, esquadrias e alumínio. Para isso, deve ser feita inscrição nas comissões de estudo de cada norma da ABNT/CB-37. 

 

seção:

Please reload

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

ECG..png
ECG..png

PUBLICIDADE

METTALLFLECK..png
METTALLFLECK..png

PUBLICIDADE

Sem título-2.png

PUBLICIDADE

BOLT INOX..png
BOLT INOX..png

PUBLICIDADE

KING..png

PUBLICIDADE

NETOCOLOR.jpg

PUBLICIDADE

ANTALUM..png

PUBLICIDADE

union.png

PUBLICIDADE

INOX PAR.png

Você também pode gostar de ler sobre:

Você conhece o Vidro Low-e?

13/01/2020

Ascevi intermédia palestra na I Semana das Engenharias em Palhoça SC para 60 estudantes de Arquitetu...

12/09/2017

Empresas italianas mostram novidades da indústria vidreira durante a Glass South America

08/06/2016

Saiba por que você não pode perder a GLASS SOUTH AMERICA

03/06/2016

USP São Carlos desenvolve vidro que muda de cor e pode camuflar objetos

01/06/2016

Níveis de blindagem automotiva

25/05/2016

Governo sinaliza irregularidade em exportações de vidros automotivos

13/05/2016

Vidro Serigrafado: Instrumento elementar ou primordial?

11/05/2016

1/1
Please reload