© 2019 Todos os Direitos reservados ao Jornal do Vidro. Produzido por Agência GUIAX

1/2

PUBLICIDADE

Pioneiro em segurança, vidro aramado volta a ganhar força no mercado

 

O vidro aramado é um dos mais antigos materiais empregados na construção civil, sendo pioneiro no quesito segurança. Amplamente utilizado no Oriente Médio e na Europa, tanto em obras residenciais como em prédios públicos com fachadas de vidro, o material ainda não caiu no gosto dos brasileiros, mas é tendência para o mercado vidreiro em 2018.

 

O aramado é um vidro impresso translúcido, disponível em várias cores, que possui em seu interior uma malha quadrada de arame de aço com espaçamento de ½". Por suas características, é considerado um vidro de segurança e anti-chama. A fabricação é similar à de um vidro impresso, porém, assim que passa entre os cilindros metálicos e vai para estenderia (conjunto de rolos), a tela de arame é aplicada à massa. A malha segura os estilhaços em caso de rompimento da placa, deixando o vão indevassável até sua substituição.

 

Além da alta segurança, ele oferece bom custo benefício – se comparado aos outros vidros com este nível de proteção – e também alta resistência ao fogo. Apesar de antigo, esse material acabou sendo substituído nas obras por outros materiais, como o vidro laminado e o temperado. Como é de difícil ajuste dimensional, recomenda-se medições criteriosas e precisas das esquadrias ou dos vãos do local de instalação. Entre outros cuidados na instalação, deve-se manter uma folga de 3mm para que as chapas não trabalhem sob tensão, o que reduziria sua resistência. Outro ponto a ser destacado é o seu transporte, que deve ser realizado sempre na posição vertical, com inclinação aproximada de 6%.

 

O aramado segue as mesmas aplicações dos vidros laminados, podendo ser aplicado em parapeitos; balaustradas; sacadas; vitrines; coberturas e claraboias; escadas de incêndio e portas corta-fogo, entre outras possibilidades. Dada sua versatilidade e vantagens que oferece, algumas empresas estão apostando com força no vidro aramado, como é o caso da fabricante Saint Gobain. O retorno da fabricação nacional voltou ao portfólio da empresa no segundo semestre de 2017 e espera crescimento nos próximos anos.

 

Estas e outras dicas relacionadas ao mercado e à aplicabilidade de vidro, você encontra na Glass South America, maior feira de vidros planos da América Latina. Para mais informações, acesse o site do evento.

 

Fonte: Glass South America

 

 

Please reload

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

ECG..png
ECG..png

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Sem título-2.png

PUBLICIDADE

BOLT INOX..png
BOLT INOX..png

PUBLICIDADE

carreta do vidraceiro - jornal do vidro.

PUBLICIDADE

NETOCOLOR.jpg

PUBLICIDADE

max fer.png

PUBLICIDADE

union.png
INOX PAR.png

1/4

Você também pode gostar de ler sobre:

Você conhece o Vidro Low-e?

13/01/2020

Ascevi intermédia palestra na I Semana das Engenharias em Palhoça SC para 60 estudantes de Arquitetu...

12/09/2017

Empresas italianas mostram novidades da indústria vidreira durante a Glass South America

08/06/2016

Saiba por que você não pode perder a GLASS SOUTH AMERICA

03/06/2016

USP São Carlos desenvolve vidro que muda de cor e pode camuflar objetos

01/06/2016

Níveis de blindagem automotiva

25/05/2016

Governo sinaliza irregularidade em exportações de vidros automotivos

13/05/2016

Vidro Serigrafado: Instrumento elementar ou primordial?

11/05/2016

1/1
Please reload