© 2019 Todos os Direitos reservados ao Jornal do Vidro. Produzido por Agência GUIAX

1/2

PUBLICIDADE

Vidro fotovoltaico colorido fabricado em Dubai será vendido no Brasil

 

Uma fabricante de vidros com sede em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, tem planos de abrir seu primeiro showroom no Brasil em breve para comercializar seu novo vidro solar colorido. A Emirates Insolaire aguarda apenas as certificações do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) para começar a atender o mercado brasileiro com o produto, que emprega tecnologia exclusiva.

 

Os vidros fotovoltaicos fabricados pela Emirates Insolaire trazem a tecnologia Kromatix, patenteada pela companhia suíça SwissINSO, e foram desenvolvidos para serem utilizados em fachadas e coberturas para captação de energia solar, que posteriormente pode ser consumida pelas próprias edificações. De acordo com o executivo de Vendas e Marketing da Insolaire para a América Latina, Rogerio Carranza Duarte, há projetos nos quais a energia gerada chega a atender quase a totalidade do consumo demandado pelo prédio, diferente dos tradicionais painéis solares, mais limitados.

 

Disponíveis nas cores verde (em dois tons), azul (em dois tons), cinza, bronze, ouro e terracota - todas opacas para garantir eficiência na produção de energia - os vidros Kromatix fotovoltaicos são coloridos através de um processo de deposição atômica de nanopartículas em sua superfície. “Ainda há opção de o cliente escolher alguma cor fora desta cartela, mas ela não terá o mesmo desempenho”, afirma o Duarte.

 

Segundo informações do executivo, já há clientes interessados em fazer negócio com a Emirates Insolaire no Brasil. A maior demanda está em prédios comerciais e residenciais, mas também há interesse de uso em casas de alto padrão e indústrias, segundo o Duarte. A Insolaire, que já tem 60 mil m² de seus produtos instalados mundo afora, fornece o material e garante contar com parceiros aptos a fazer a instalação em terras brasileiras. Em Dubai, o uso dos novos vidros fotovoltaicos coloridos deve começar em abril, enquanto no Brasil, o processo para obtenção das certificações está encaminhado no Inmetro e deve ser finalizado até junho.

 

Fonte: Agência de Notícias Brasil-Árabe

Please reload

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

ECG..png
ECG..png

PUBLICIDADE

METTALLFLECK..png
METTALLFLECK..png

PUBLICIDADE

Sem título-2.png

PUBLICIDADE

BOLT INOX..png
BOLT INOX..png

PUBLICIDADE

KING..png

PUBLICIDADE

NETOCOLOR.jpg

PUBLICIDADE

ANTALUM..png

PUBLICIDADE

union.png

PUBLICIDADE

INOX PAR.png

Você também pode gostar de ler sobre:

Você conhece o Vidro Low-e?

13/01/2020

Ascevi intermédia palestra na I Semana das Engenharias em Palhoça SC para 60 estudantes de Arquitetu...

12/09/2017

Empresas italianas mostram novidades da indústria vidreira durante a Glass South America

08/06/2016

Saiba por que você não pode perder a GLASS SOUTH AMERICA

03/06/2016

USP São Carlos desenvolve vidro que muda de cor e pode camuflar objetos

01/06/2016

Níveis de blindagem automotiva

25/05/2016

Governo sinaliza irregularidade em exportações de vidros automotivos

13/05/2016

Vidro Serigrafado: Instrumento elementar ou primordial?

11/05/2016

1/1
Please reload