© 2019 Todos os Direitos reservados ao Jornal do Vidro. Produzido por Agência GUIAX

1/2

PUBLICIDADE

Já pensou em viajar e se hospedar em cápsulas de alumínio, policarbonato apegados a uma inclinação de granito?

 

 

Estas cápsulas estão localizadas acima do Vale de Urubamba, a 90 minutos de carro de Cusco, e oito milhas ou mais do Machu Pichu no coração do Vale Sagrado.

 

Este é um conceito inovador, ousado e emocionante e, embora seja fácil sentir um pouco de queixa de vertigem, as vagens são robustas e bem desenhadas e fixadas no rock face com 20 robustos pontos de ancoragem, cada um capaz de segurar uma meia tonelada. Os interiores são limpos, mínimos e funcionais, incentivando os hóspedes a admirar o mundo lá fora, não dentro. Escalar dentro e fora das vagens, vestido com um chapéu duro, luvas e um arnês é tão perto de uma caminhada espacial quanto a maioria de nós virá.

 

O “hotel” é composto por três cápsulas de dormir com capacidade de 4 pessoas, dentro delas tem uma cama de casal e duas de solteiro. As cápsulas possuem uma vista incrível sobre o vale e as estrelas, mas caso você não queira ficar vendo o tempo todo as cápsulas possuem cortinas.  As luzes funcionam com energia solar, e o banheiro é uma cabine primitiva no final do pod onde os números são canalizados através de um cachimbo, enquanto o número dois fica ensacado e descartado mais tarde.

 

 

 

Devido o seu contexto nada convencional, o “hotel” não dispõe dos serviços tradicionais como: serviço de quarto, academia, sauna ou recepcionista. Você chega em um arnês (equipamento de segurança utilizado para escalada), tendo todo seu “cardápio de alimentação” sendo carregado na mochila de seu guia.  Os guias são bilíngues, qualificados para cuidar da segurança e versáteis.

 

As refeições são planejadas com antecedência e são levadas pelos guias em mochilas. E considerando o ambiente desafiador, tudo é delicioso. Preparado e servido na cápsula de jantar peculiar. O café da manhã contém no cardápio ovos, torradas, granola, frutas frescas e café. O jantar é um composto de quatro pratos de sopa, salada, o prato principal e uma vista para o vale. Também é servido vinho livre no jantar, porém, é aconselhado não exagerar, pois é preciso escalar de volta para a sua cápsula no escuro.

 

 

 

E você deve estar se perguntando quanto custa?! O preço fixo durante todo o ano por noite é R$1.246,00 (£ 334). Neste valor está incluso o trajeto via  ferrata que é um itinerário preparado nas paredes rochosas da montanha - com escadas, cabos, pitões etc. - destinado a facilitar a progressão e otimizar a segurança dos montanhistas; café da manhã, jantar e tirolesa. Não há Wi-Fi.

 

Crianças de até 6 anos podem ficar nas cápsulas. Esta seria uma excursão familiar, única, cheia de diversões e memórias incríveis. Se você tiver condições financeiras com certeza é uma experiência única na vida.

 

O local não possui acesso para pessoas com deficiência física, pois é necessário ter um nível de aptidão física para subir, entrar e sair das cápsulas.
 

Valle Sagrado, Pista 224 km. Urubamba-Ollantaytambo, Cusco, Peru.

naturavive.com

seção:

Please reload

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

ECG..png
ECG..png

PUBLICIDADE

METTALLFLECK..png
METTALLFLECK..png

PUBLICIDADE

Sem título-2.png

PUBLICIDADE

BOLT INOX..png
BOLT INOX..png

PUBLICIDADE

KING..png

PUBLICIDADE

NETOCOLOR.jpg

PUBLICIDADE

ANTALUM..png

PUBLICIDADE

union.png

PUBLICIDADE

INOX PAR.png

PUBLICIDADE

ALIANCA ALUMINIOS[.png

Você também pode gostar de ler sobre:

Ascevi intermédia palestra na I Semana das Engenharias em Palhoça SC para 60 estudantes de Arquitetu...

12/09/2017

Empresas italianas mostram novidades da indústria vidreira durante a Glass South America

08/06/2016

Saiba por que você não pode perder a GLASS SOUTH AMERICA

03/06/2016

USP São Carlos desenvolve vidro que muda de cor e pode camuflar objetos

01/06/2016

Níveis de blindagem automotiva

25/05/2016

Governo sinaliza irregularidade em exportações de vidros automotivos

13/05/2016

Vidro Serigrafado: Instrumento elementar ou primordial?

11/05/2016

Você conhece o Vidro Low-e?

12/02/2016

1/1
Please reload