© 2019 Todos os Direitos reservados ao Jornal do Vidro. Produzido por Agência GUIAX

1/2

PUBLICIDADE

A incrível quadra luminosa

Nós brasileiros adoramos esportes, não é verdade? Quando se trata de futebol então, nem se fala! Pense agora numa mistura entre uma paixão nacional com a mais alta tecnologia da nossa área, espetacular, não é mesmo?Foi isso que fez uma empresa de Stein (Alemanha), eles criaram um incrível sistema em pisos de vidro para quadras poliesportivas. Já seria muito bacana imaginar uma quadra com uma superfície de vidro, mas a coisa é ainda mais moderna, porque os caras resolveram instalar linhas de LED sob as placas de vidro translúcido, fazendo com que a quadra “sofra” automaticamente mudanças em seu formato, de acordo com o esporte ali praticado.

Imagem: Reprodução

 

O primeiro teste foi realizado ainda em 2007, com revestimento no piso de uma quadra de squash, dentro de um cruzeiro. A estrutura utilizada foi em alumínio para suportar os painéis de vidro e o sistema de iluminação embutido. Depois desse primeiro teste, a empresa alemã desenvolveu o principal projeto, o que eles chamam de ASB GlassFloor, um super ginásio com 500 metros quadrados, construído em uma escola na Alemanha. O piso metamórfico transforma o espaço em uma quadra poliesportiva, sem a necessidade das famosas marcações de tintas, que polui o ambiente. Com dois rápidos cliques em uma tela touchscreen e você pode jogar handebol, basquete, futsal ou vôlei, por exemplo.

 Imagem: Reprodução

 

O vidro, com duas placas de temperado e laminado, é fabricado pela empresa alemã Kinon Porz, submetido a diversos testes de resistência, garantindo durabilidade, brilho, elasticidade e o atrito ideal das placas produzidas em medida de 2x2 metros. A cor do vidro também pode ser modificada, pois possui revestimento aplicado na face interna do vidro. Há ainda a possibilidade de exibição de vídeos no vidro, o que abre espaço para o campo publicitário. O grande desafio da companhia é melhorar a velocidade e a altura da bola quando esta atinge o vidro, ganhando força maior que a comum. Em época de Olimpíadas, uma tecnologia deste nível é um atrativo e tanto, não é mesmo?

 Imagem: Reprodução

 

seção:

Please reload

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

ECG..png
ECG..png

PUBLICIDADE

METTALLFLECK..png
METTALLFLECK..png

PUBLICIDADE

Sem título-2.png

PUBLICIDADE

BOLT INOX..png
BOLT INOX..png

PUBLICIDADE

KING..png

PUBLICIDADE

NETOCOLOR.jpg

PUBLICIDADE

ANTALUM..png

PUBLICIDADE

union.png

PUBLICIDADE

INOX PAR.png

Você também pode gostar de ler sobre:

Você conhece o Vidro Low-e?

13/01/2020

Ascevi intermédia palestra na I Semana das Engenharias em Palhoça SC para 60 estudantes de Arquitetu...

12/09/2017

Empresas italianas mostram novidades da indústria vidreira durante a Glass South America

08/06/2016

Saiba por que você não pode perder a GLASS SOUTH AMERICA

03/06/2016

USP São Carlos desenvolve vidro que muda de cor e pode camuflar objetos

01/06/2016

Níveis de blindagem automotiva

25/05/2016

Governo sinaliza irregularidade em exportações de vidros automotivos

13/05/2016

Vidro Serigrafado: Instrumento elementar ou primordial?

11/05/2016

1/1
Please reload