© 2019 Todos os Direitos reservados ao Jornal do Vidro. Produzido por Agência GUIAX

1/2

PUBLICIDADE

Novo World Trade Center: o prédio mais alto do Hemisfério Ocidental

Passados treze anos desde a destruição das Torres Gêmeas, o One World Trade Center foi inaugurado em Nova Iorque, no dia 03 de novembro de 2014. A nova torre ocupa o espaço onde antes do atentado estava localizada a sexta torre do conjunto original. No local exato onde estavam as Torres Gêmeas foi construído um memorial às vítimas da tragédia e o museu do “11 de setembro”. 

 

Resistente a explosivos

 

A nova torre tem 541 metros de altura e foi declarada a mais alta do Hemisfério Ocidental. Sua construção está avaliada como a segunda mais cara do mundo, com um custo de US$ 3,9 bilhões. A maior preocupação dos responsáveis pela construção foi com segurança. O prédio possui uma coluna central em concreto onde estão localizadas as escadas e os elevadores. Da base até o 20º andar dessa estrutura não há janelas e foi utilizado um concreto três vezes mais resistente que o normal. Essas características dão à torre a capacidade de resistir a 680 quilos de explosivos, segundo seus construtores.

 

Placas de vidro de 500 quilos

 

Outra preocupação com segurança refletiu no tipo de vidro usado na fachada. Enquanto as placas normais para esse tipo de construção possuem 25 mm de espessura, as placas utilizadas no One World Trade Center possuem o dobro, 50 mm de espessura. Para se ter uma ideia da magnitude da obra, cada placa de vidro pesa 500 quilos. 

 

Vista com alcance de 80 km

 

Como já é tradição em edifícios que ostentam títulos por sua altura, o One World Trade Center também tem um observatório com muito vidro para todos os lados. O "See Forever" (veja o para sempre, em tradução livre) ocupa três andares do edifício (100º, 101º e 102º) e fica a 381 metros do chão, oferecendo uma vista com alcance de até 80 quilômetros aos visitantes. Do andar 100 é possível observar a paisagem em 360º e, se as condições climáticas forem favoráveis, é possível avistar até estados vizinhos como Nova Jersey e Pensilvânia.

 

Flutuando no céu

 

Outro atrativo dentro do observatório principal é o Sky Portal (Portal do Céu). Trata-se de um disco de vidro com 4 metros de diâmetro localizado no piso, dando a impressão a quem passa de se estar flutuando no céu. Na verdade, o que os visitantes veem é uma reprodução em tempo real do movimento das ruas ao entorno do One World Trade Center. 

 

Fonte de consulta: http://super.abril.com.br/comportamento/a-volta-do-world-trade-

Please reload

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

ECG..png
ECG..png

PUBLICIDADE

METTALLFLECK..png
METTALLFLECK..png

PUBLICIDADE

Sem título-2.png

PUBLICIDADE

BOLT INOX..png
BOLT INOX..png

PUBLICIDADE

KING..png

PUBLICIDADE

NETOCOLOR.jpg

PUBLICIDADE

ANTALUM..png

PUBLICIDADE

union.png

PUBLICIDADE

INOX PAR.png

Você também pode gostar de ler sobre:

Você conhece o Vidro Low-e?

13/01/2020

Ascevi intermédia palestra na I Semana das Engenharias em Palhoça SC para 60 estudantes de Arquitetu...

12/09/2017

Empresas italianas mostram novidades da indústria vidreira durante a Glass South America

08/06/2016

Saiba por que você não pode perder a GLASS SOUTH AMERICA

03/06/2016

USP São Carlos desenvolve vidro que muda de cor e pode camuflar objetos

01/06/2016

Níveis de blindagem automotiva

25/05/2016

Governo sinaliza irregularidade em exportações de vidros automotivos

13/05/2016

Vidro Serigrafado: Instrumento elementar ou primordial?

11/05/2016

1/1
Please reload